.COMA | SOCIAIS.
Instagram
Facebook

UMA NOITE COM NEKA MENA BARRETO

UMA NOITE COM NEKA MENA BARRETO

 

.Neka é ingrediente humano. É cachoeira generosa e abundante. Fala dos ingredientes brasileiros há mais de 500 anos. Usa nossos alimentos originários há milênios. Neka é como o Arroz Guató, raríssima. É macaúba, apuruí, coquinho catolé, ingá. Sempre trabalhou os orgânicos e fez deles sua bandeira. Coloca o cristal na água - e a hortelã também - pra dar um "shazam". Faz infusões de todas as cores com tudo o que encontra. Come com as mãos, põe o garfo, pega uma colher, tudo ao mesmo tempo. Porque comer, além de ser um ato político, é diversão. Neka é uma festa. Um banquete das deusas. Banqueteira de coração transbordante. Usa a panela de barro, o cueté, a chapa de ferro. É invenção explosiva e resgate necessário. É Amazônia, Rio Grade do Sul, Minas Gerais, São Paulo. Troca ideias com jabuticabas e flores de ipê num papo cheio de palavras raras. Fala sobre as cores das crucíferas, sobre as sementes do jatobá, mandiocas apetitosas e seu manauê. Tem a força e o jeito das mulheres que extraem a amêndoa intacta do Baru, fonte nutritiva. Tem perfume de cúrcuma, poder curativo. Inventa farofinhas de tudo, coloca pimentas nas saladas de frutas e maracujás nas de folhas. Neka sabe o valor do tempo real, aquele que espera uma água ferver, uma cebola refogar. Sabe receber como ninguém, com folhas secas bordadas, legumes assados, sementes apoiadoras de talheres, guardanapos amorosos. Taças no teto e moinho pra fazer farinha no chão. O queijo que trouxe de viagem na mala porque ela sempre traz um pedaço de lugar na bagagem. E divide, num gesto de carinho. Nos faz imaginar a paisagem do que estamos comendo, que é sempre bonita quando é ela quem prepara. Tem os armários e a geladeira cheios de potinhos, especiarias e segredos. Nos ensina que fazer a própria comida é um ato de amor. Uma bruxa maravilhosa e seus caldeirões afetivos cheios de histórias, saberes, ideias e transformação.

 

 

 

 

Please reload